Segmentação de mercado: o que é nicho e como isso influencia o seu negócio

Tempo de leitura: 16 minutos

Você sabe o que é Segmentação de mercado? Sabe como escolher o seu nicho?

Imagine que você está querendo perder peso de forma saudável. Você está passando em uma banca de jornais e vê duas revistas, lado a lado.

  • Uma é uma revista genérica, com uma ex-bbb na capa, de biquíni, com uma chamada no cantinho da capa dizendo “perca 5kg em 5 dias com a dieta da moda”.
  • A outra revista é uma revista especializada em saúde, e tem na sua capa “como perder 5kg de forma saudável e rápida”.

Se você tiver que comprar uma delas, qual vai te interessar mais?

Provavelmente, se você estiver levando a sério esta ideia de perder peso, você vai focar na revista especializada e topar pagar um pouquinho mais caro por ela.

Você vai levar a sério o conteúdo e tentar colocar em prática o que aprendeu.

Por outro lado, se você só estiver curioso e querendo saber de forma descompromissada da dieta da moda, você vai comprar a revista genérica.

Certamente, em poucas horas, você nem vai lembrar do que leu, ou pior, vai questionar a credibilidade do que está sendo dito ali. Você dificilmente vai partir para a ação.

Nos negócios online, a dinâmica é bem parecida.

Quando você tem um problema específico, você procura sites especializados para resolvê-los.

No exemplo acima, a revista genérica está posicionada em vários mercados ao mesmo tempo (moda, fofocas, artistas, saúde, beleza), enquanto a revista especializada está posicionada exclusivamente no mercado de saúde.

Esta especialização pode ser ainda mais minuciosa. Se você procurar na banca de jornais, provavelmente vai encontrar uma revista especializada apenas em emagrecimento, um nicho do mercado de saúde.

Nicho de mercado

Nicho de mercado

Criar produtos ou oferecer serviços sem um público-alvo definido é um erro que muitos empreendedores cometem ao iniciar um negócio.

Não definir seu nicho de mercado significa adotar uma abordagem genérica, que tenta atender as necessidades de um grupo enorme de pessoas heterogêneas.

O resultado disso é falta de foco, dificuldade de comunicação, falta de identificação e de interesse dos consumidores e baixo retorno financeiro.

Mas você deve estar pensando: que besteira, se eu focar em um grupo específico de consumidores e vou acabar perdendo compradores em potencial.

Este pensamento está errado!

Se você está tentando conversar com todo mundo ao mesmo tempo, você não vai ter a atenção de ninguém.

O que é nicho

Nicho é um mercado menor dentro de outro maior.

Ele corresponde a um segmento de mercado composto de um grupo de pessoas com interesses específicos em comum.

Por exemplo:

  • Emagrecimento é um nicho dentro do mercado de saúde.
  • Reforma é um nicho dentro do mercado de arquitetura.
  • Educação à distância é um nicho do mercado de educação.

Os nichos de mercado podem ser ainda mais especializados nos sub-nichos:

  • Emagrecimento saudável é um sub-nicho dentro do nicho de emagrecimento.
  • Reforma de apartamento pequeno é um sub-nicho dentro do nicho de reforma.
  • Educação à distância para super dotados é um sub-nicho do nicho de educação à distância.

Muitos nichos e sub-nichos de mercado são mal atendidos pelas grandes empresas, que não oferecem produtos específicos, personalizados e adaptados às características e necessidades destes consumidores.

Aí está a chave do sucesso!

Trabalhar com nichos é uma grande oportunidade para pequenos empreendedores, porque eles fogem da concorrência de grandes empresas e conseguem, através de um conteúdo e produtos focados, atrair um grupo bastante engajado e interessado de pessoas.

Afinal, estas pessoas nunca tiveram a atenção que mereciam para solucionar seus problemas.

Focando em um nicho, você vai encontrar pessoas que realmente vão se identificar e se conectar com o que você tem a dizer e vão te ver como uma referência.

Não perca tempo tentando atirar para todos os lados!

Porque definir um nicho

Por que definir um nicho? 4 motivos para você focar em uma segmentação de mercado.

#1 Você vai poder focar no cliente 

Quando focamos em um nicho, é mais fácil entender as necessidades dos clientes e conhecer seu perfil.

Com estas informações, você poderá desenvolver produtos e oferecer serviços personalizados focados em solucionar de forma eficaz seus problemas e suprir seus desejos.

Outro bônus de focar em clientes específicos e homogêneos, é poder elaborar conteúdos mais direcionados e relevantes para sua audiência (muitos deles pedidos pelo seu público).

O resultado disso é um maior engajamento, maior identificação e maior interesse no que você tem a dizer e oferecer.

#2 Você pode ser tornar um expert do seu nicho

Trabalhar com um nicho reduz seu campo de atuação e reduz a quantidade de conhecimento que você precisa adquirir para conhecer ele a fundo.

Isto torna mais fácil a tarefa de criação de autoridade e aumenta suas chances de se tornar um expert naquele nicho.

Quando você é visto pelo seu público como referência na área e passa a ser procurado para oferecer ajuda e conselhos, é sinal de que você se tornou um especialista.

Na prática, é o seu público que o transforma em um expert.

#3 Você pode cobrar preços maiores

Se você tem uma Ferrari e precisa achar um mecânico, você levaria na oficina da esquina ou em uma oficina especializada em carros superesportivos?

Tenho certeza que escolheria a segunda opção, mesmo que tivesse que pagar mais.

Mas por que o preço passa a ser pouco importante quando você procura um especialista?

Este é um dos grandes benefícios de servir a um nicho, quando você se torna um especialista em determinado mercado, você passa a ser referência e pode cobrar mais caro.

Seus consumidores te enxergam de modo diferente:

  • Um especialista é respeitado e tem credibilidade no mercado;
  • Ele é procurado para resolver um problema específico, que só ele pode solucionar com qualidade;
  • Ninguém vai atrás dele porque ele é a opção mais barata.

#4 Você vai gastar menos em propaganda

Um grande vantagem de trabalhar com um nicho ou sub-nicho está no baixo custo de campanhas de marketing.

Propagandas direcionadas a um público específico de potenciais compradores acaba saindo muito mais barata e sendo muito mais efetiva.

Voltando ao exemplo do nicho de emagrecimento:

Se você desenvolve um produto que ajuda as pessoas a emagrecerem, você colocará sua propaganda na revista especializada no nicho de emagrecimento.

As chances de um leitor se interessar pelo seu produto e efetuar uma compra é muito maior do que se você colocar na revista genérica de fofocas.

Seu custo por lead será muito menor, sua taxa de conversão muito maior e o custo do anúncio bem mais barato.

Como escolher uma segmentação de mercado

Como escolher uma Segmentação de mercado para atuar

Todos os negócios, sejam eles online ou offline, devem começar girando em torno de um nicho ou sub-nicho.

O foco sempre deve ser o de atender a uma necessidade específica de um grupo de pessoas.

O nicho escolhido deve ter um centímetro de largura e você deve atingir um quilômetro de profundidade na busca das soluções de seus problemas. 

Abaixo estão 5 dicas para te ajudar a escolher seu nicho:

#1 Escolha um nicho que você tenha conhecimento ou interesse.

Antes de questionar o que dá dinheiro, você precisa descobrir:

  • De quais assuntos você gosta?
  • Por quais áreas você tem interesse?
  • Em quais assuntos você tem experiência?
  • Como você pode ajudar a resolver o problema de um grupo específico de pessoas?

Se você quiser atingir o máximo sucesso em um nicho você terá que se tornar um expert, e para isso terá que se envolver e estudar a fundo os assuntos envolvidos.

Procure um nicho que você goste e se interesse, caso contrário, você irá perder o interesse e talvez até mesmo a fé no seu negócio.

Se você não souber muito sobre um nicho, mas tiver interesse em aprender, recomendo que você vá em frente e não desanime. Busque informação e corra atrás.

Aprenda e empreenda ao mesmo tempo.

Depois de responder estas perguntas, listar seus assuntos preferidos, parta para a pesquisa de demanda.

#2 Escolha um nicho que um número suficiente de pessoas tenham interesse.

Não adianta nada criar conteúdo se ninguém estiver procurando por aquilo. Também não adianta escolher um assunto sobre o qual você goste de falar, mas que não tenha potencial de rentabilidade.

A energia gasta para criar um mercado não compensa, especialmente se você não tiver muito dinheiro para investir logo de cara.

Ao entrar em um mercado novo, você terá que convencer as pessoas de que elas precisam do seu produto.

Por outro lado, em um mercado já consolidado, você poderia entregar para elas aquilo que elas já estão buscando.

Normalmente este erro ocorre quando especificamos demais nosso nicho e focamos em um sub-nicho com pouco interesse.

Por exemplo:

Se pegarmos o nicho de animais domésticos e nos especializarmos apenas em cachorros, temos um bom nicho em mãos.

Porém se escolhermos apenas uma raça teremos um público mais focado.

Digamos que estamos em dúvida entre as raças Cocker Spaniel e Pitbull.

Fazendo uma pesquisa rápida no Planejador de Palavras-chave do Google Adwords, vemos que a raça Cocker Spaniel tem 27.100 buscas mensais no Brasil, e que a raça Pitbull tem 165.000.

Então, a melhor escolha em termos de público, seria se especializar em pitbull.

Uma dica importante é que outros fatores como cultura, clima, localização, etc, devem ser levados em conta na hora de analisar qual sub-nicho é melhor.

Se tivéssemos feito a mesma pesquisa entre as raças no Reino Unido, teríamos os seguintes dados: Cocker spaniel com 74.000 e Pitbull com 49.500.

Neste mercado, faria mais sentido escolher a raça Cocker Spaniel.

Ferramentas de busca podem ajudar a avaliar a demanda de um nicho específico.

Procure por palavras-chave relacionadas ao nicho na ferramenta de palavras-chave do Google Adwords. Esta ferramenta te ajuda a saber o número de pessoas interessadas no nicho, quais os termos mais buscados no google sobre o assunto e a frequência com que estes termos são procurados.

Veja no Google Trends se o interesse no seu nicho está aumentando, diminuindo ou se está estável. Você terá aceso a gráficos de tendências de longo prazo, baseadas nas buscas no google.

Se o nicho que você escolheu for pouco buscado, ou se está com tendência de queda, isto é sinal de que ele não é grande o suficiente ou não apresenta potencial de lucro que justifique a empreitada.

#3 Se você não tem preferência por nenhum nicho, escolha um que se encontre em um mercado aquecido e que já demonstrou que é lucrativo.

Uma boa ideia para escolher um nicho aquecido é ir ao Hotmart e ver quais produtos disponíveis estão em destaque, com muita demanda.

Para facilitar seu trabalho, fiz uma lista de mercados bastante aquecidos e lucrativos, com muitos infoprodutos disponíveis para você trabalhar como afiliado.

Se quiser saber mais sobre mercado de afiliados e ganhar dinheiro sem precisar criar um produto próprio, leia: Mapa do Negócio Online

Veja se algum deles te desperta interesse e tente encontrar um nicho e um sub-nicho dentro dele, vou listar alguns para te ajudar:

  1. Saúde – emagrecimento, musculação, alimentação;
  2. Relacionamento – paquera, casamento, divórcio;
  3. Dinheiro – investimento, marketing digital, imóveis;
  4. Idiomas – educação à distância, aprendizado rápido, conversação;
  5. Desenvolvimento pessoal – liderança, produtividade, coaching;

#4 Não comece um negócio pela parte técnica!

Um dos maiores erros dos empreendedores inexperientes é partir logo para a parte prática e técnica do negócio, antes mesmo de conhecer sua audiência.

Se você já começou, provavelmente partiu logo para a construção do site e só depois foi fazer a pesquisa de mercado. Acertei?

Bem, espero que você não tenha cometido este erro, mas caso tenha cometido, fique tranquilo porque eu fiz o mesmo.

Antes de mais nada, você precisa saber para quem será voltado seu negócio, seus problemas e quais soluções você oferecerá para eles.

Só depois de conhecer seu público, você poderá entender qual a melhor linguagem para se comunicar com ele, como deve ser a parte gráfica do seu site, quais são as melhores plataformas para expor seu conteúdo, quais as expectativas em torno do negócio e quais estratégias de ação você deverá adotar.

A parte técnica deve vir depois desta análise profunda. Garanto que ela é a parte mais fácil da jornada.

O coração das redes sociais são as pessoas. Investir em conhecer as pessoas que fazem parte do seu nicho é a melhor estratégia que você pode adotar para se destacar.

#5 Estude o nicho, sua audiência e seus concorrentes.

Verifique o tamanho do seu nicho e estude a sua concorrência. Abaixo vou te mostrar uma lista de perguntas que você deve responder durante sua pesquisa de mercado.

Só depois de juntar todas as informações relevantes sobre seu público-alvo e seus concorrentes, parta para as estratégias.

Utilize a ferramenta do Google Display Planner do Google Adwords para estudar a faixa etária e o sexo que as pessoas que estão buscando as palavras-chave relacionadas ao seu nicho.

Além disso, o Google Display Planner ainda te mostra o tipo de dispositivo (se é um desktop, um celular ou um tablet) que seu público utiliza ao buscar sobre seu nicho, o que pode te ajudar a definir qual a melhor apresentação para o seu conteúdo.

Conheça sua audiência

O que eu preciso saber sobre pessoas do meu nicho?

Veja as perguntas que você precisa saber responder quando estiver analisando seu nicho: 

1. Quem é a sua audiência?

  • Quantos anos eles tem?
  • Qual o nível de escolaridade deles?
  • Onde eles moram e onde trabalham?
  • Quanto eles ganham em média?
  • Como é o estilo de vida deles?
  • O que eles fazem nas horas vagas?
  • Quais sites eles visitam quando estão na internet?
  • Eles já estão em contato com seus parceiros ou concorrentes?
  • Qual é a linguagem que eles usam para se comunicar?

 

2. Quais são seus problemas e reclamações?

  • Por que eles precisam do que você tem a oferecer (produto/serviço/conteúdo)?
  • Qual a origem destes problemas?
  • Qual o tamanho do sofrimento deles diante deste problema?
  • O que acontecerá a eles se eles não obtiverem seus produtos ou serviços? Existe algum produto ou serviço alternativo?
  • O problema deles irá se curar sozinho se eles não comprarem seus produtos ou serviços?

 

3. O que o seu produto ou serviço faz para resolver o problema? 

  • Como seu produto ou serviço resolve o problema deles?
  • Quais os benefícios que eles terão ao adquirir a solução que você está vendendo? Por quanto tempo?
  • Quais são os benefícios pessoais e profissionais associados a sua solução do problema (promove esperança, dias melhores, paz, união familiar, estabilidade no emprego, mais qualidade de vida, aumenta a expectativa de vida)?
  • Quanto sua audiência vai ser impactada por não adquirir o seu produto ou serviço?

 

4. Qual o valor e o diferencial do seu produto?

  • Qual o valor do seu produto para sua audiência? Por quê?
  • Qual o benefício do seu produto ou serviço em relação ao que a concorrência oferece? O que o diferencia que justificaria a preferência?
  • Quais são os principais concorrentes?
  • Sua audiência consegue entender seu diferencial?
  • Quanto tempo a concorrência precisa para chegar ao mesmo nível que você?

 

5. Como é sua concorrência?

  • Como sua audiência está interagindo com os concorrentes?
  • O que seus concorrentes estão fazendo, que você não está?
  • Por que eles estão tendo atitudes diferentes das suas? Eles estão ganhando destaque por isso?
  • Analisando os comentários deixados no site dos seus concorrentes, como sua audiência está interagindo? Compare a maneira deles se expressarem com a concorrência e a maneira com que eles falam com você.
  • Sua concorrência já tem uma marca estabelecida?
  • Quais são as qualidades dos seus concorrentes nas quais você pode se inspirar?
  • Quais são as falhas dos seus concorrentes?

Conclusão

O nicho é o coração do seu negócio.

A escolha de uma segmentação de mercado é fundamental para te dar direcionamento, foco e poder de impacto.

Escolha um nicho pelo qual você tenha interesse, faça todas as pesquisas antes de começar o seu negócio para garantir que ele tenha demanda e rentabilidade e tente responder as perguntas sobre sua audiência.

Conheça sua audiência profundamente.

Conhecer as pessoas que fazem parte do seu nicho e saber suas verdadeiras necessidades te permitirá tocar em assuntos que realmente importam.

O resultado disso é ter em mãos uma audiência inspirada, interessada no que você tem para dizer, engajada e pronta para agir caso você ofereça uma solução.

Saber atender e gerar valor ao seu público é a chave para o sucesso.

Use seu conhecimento sobre seu público alvo para criar conteúdos focados e atraentes, que sejam capazes de atrair a atenção e que os motivem a continuar participando.

Descubra algo que seu nicho precisa e que solucione algum problema específico com o qual eles sofrem, e eles estarão dispostos a te pagar pela solução.

Em seguida, se meta na conversa que eles estão tendo dentro de suas mentes e os mostre que a solução está à disposição deles.

Seguindo estas dicas, seus resultados vão melhorar radicalmente.

Tenho certeza que você vai ter menos trabalho e um retorno mais rápido focando em um nicho.

Quer fazer download de um infográfico com as perguntas que você precisa saber responder quando estiver analisando seu nicho? Clique Aqui

 

Grande abraço e vamos juntos rumo ao sucesso.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *