Por que e como montar sua lista de emails

Tempo de leitura: 10 minutos

Se você já pesquisou sobre negócios online, com certeza deve ter ouvido falar sobre a necessidade de montar sua lista de emails.

Email

Mas por que montar uma lista é importante?

Elas são seu bem mais precioso, porque garantem que você consiga chegar, quando quiser, até as pessoas que demonstraram interesse no que você tem a oferecer.

Através de técnicas de email marketing, você poderá gerar campanhas de emails cada vez mais otimizadas. Isto porque você será capaz de analisar o desempenho das suas campanhas, ou seja, sua taxa de abertura de emails e taxa de clique em links, através de relatórios e gráficos de um autoresponder.

A seguir, vou listar 3 boas razões para você começar a montar sua lista de emails agora mesmo.

#1 Contato direto e gratuito com seu cliente

Antes de comprar um produto, precisamos estar confortáveis e sem dúvidas antes de abrir a carteira.

Algumas vezes, talvez na maioria delas, precisamos ter contato com uma oferta diversas vezes, ou até mesmo fazer perguntas antes de tomar uma decisão.

Então, faz sentido que você tenha um canal de comunicação direto com o seu cliente, e que não pague cada vez que queira mostrar uma oferta ou responder uma pergunta.

Podemos ver a lista de emails como a forma mais eficiente e segura de fazer isso.

#2 Estabilidade do seu negócio

Sua lista será seu principal canal de comunicação com seu cliente mas, além disso, também é uma forma de garantir o seu negócio.

Vou explicar melhor o que quero dizer com um exemplo.

Há algum tempo atrás, o Facebook modificou as regras de quais usuários eram atingidos pela publicação de uma Fan Page e decidiu que as postagens não seriam mais mostradas para todos os usuários que curtiam a página.

A partir desta mudança, as publicações em Fan Pages passaram a ser mostradas para uma pequena fatia dos seguidores. E para ampliar seu alcance, é necessário investir em posts impulsionados.

Pessoas e empresas que tinham grandes negócios baseados no público de suas páginas, viram seu faturamento despencar após estas mudanças.

O Facebook funciona desta maneira até hoje, e apesar de continuar sendo uma ferramenta indispensável, não é possível prever qual será sua próxima mudança.

Qual a probabilidade de isso acontecer algo parecido com o email?

Eu diria que nenhuma.

Se você tiver tudo muito bem configurado, quando você manda uma mensagem para sua lista de emails, praticamente 100% dos seus clientes recebem sua mensagem.

#3 Popularidade do email

Perceba que até aqueles que utilizam o Facebook precisam de um email para fazer o login, tamanha a popularidade dos emails. Todo mundo tem um, ou mais de um.

Se existe uma ferramenta que te permite criar um canal de comunicação tão próximo ao seu cliente, você tem a obrigação de extrair o maior potencial dela no seu negócio.

Se você ainda não tem uma lista você deve começar a contruí-la agora mesmo, mas deve fazer da maneira correta.

Siga as 5 dicas de como montar uma lista de emails que converte:

#1 Utilize campos de captura de email no seu site

Captura Top

Captura Botton

A forma mais simples de capturar emails é feita através de campos de captura estrategicamente posicionados no seu blog. A melhor maneira de criar uma lista de email é através de conteúdo.

Você deve oferecer conteúdos de qualidade para seu cliente e disponibilizar campos de captura de email, para que ele possa se inscrever na sua lista e então receber outros conteúdos parecidos no futuro.

Se você utilizou o tema Épico ou o ConversionWP para criar seu blog, você não terá dificuldades com isso.

Isso porque eles já estão preparados para aumentar os seus leads, indicando os pontos mais importantes onde você deve pedir o email do seu público.

Caso você não esteja utilizando, ou não possa investir ainda em um tema otimizado para captura de emails, não se preocupe. Você pode utilizar plugins que fazem o mesmo serviço e muito mais.

Eu indico o Ninja PopUps for WordPress. Com ele você vai conseguir criar qualquer tipo de captura de emails possível. Por exemplo popUps com campo de captura que, apesar de serem irritantes, aumentam muito sua lista, barras de captura que ficam fixas e sempre visíveis na lateral do seu site, e muito mais.

#2 Direcione seu público para páginas de captura

Lead Lovers

A única função da página de captura é capturar o email do visitante, que geralmente é levado até ela através de anúncios ou artigos do seu blog.

Para que ela faça bem este papel, sem distrair o visitante, o ideal é que nela só exista um campo de captura de email e nenhum link.

A única maneira do visitante sair desse tipo de página deve ser colocando seu email no campo de captura (ou se ele fechar a página, é claro).

Ainda assim, mesmo se ele tentar fechar a página, você pode fazer com que um popUp apareça no meio da tela. Para criar esse tipo de popUp, basta você utilizar o Plugin Ninja PopUps for WordPress.

Além do campo de captura, nestas páginas geralmente são usados vídeos, iscas digitais e/ou ofertas impossíveis de serem ignoradas para convencer o visitante a se cadastrar.

Uma página de captura bem feita aumenta muito o número de leads.

#3 Ofereça iscas digitais em troca do email

Mapa do negocio online

As pessoas adoram fazer downloads gratuitos e esta é uma boa forma de estabelecer uma troca com o visitante do seu site: seu email em troca do download. O nome disso é isca digital. Seja criativo ao criar sua isca.

Ofereça, se possível, ebooks, infográficos ou bônus para seus visitantes neste modelo de troca.

Você também pode oferecer um conteúdo exclusivo em vídeo, assim ele vai sentir que o preço a pagar (colocar seu email) é baixo perto do benefício que você está oferencendo a ele.

Veja que ao colocar o seu email em troca de uma isca digital o usuário demonstra um interesse muito grande naquele tipo de conteúdo e passa a ser um usuário qualificado. Isso é bom pois você irá criar uma lista muito engajada.

Então, mesmo que não tenha muitos usuários no início, você já terá grandes chances de efetuar vendas.

Usar a técnica da isca digital deve aumentar muito a sua taxa de leads.

#4 Segmente seu público em diferentes listas

pick right

Esta segmentação pode ser feita no momento em que o usuário se inscrever na sua lista, tendo como base o que o motivou a conceder o email.

Por exemplo, um usuário que veio através de uma isca digital, pode ficar em uma lista separada do usuário que veio atraves de um campo de captura em um post do seu blog.

Outra forma de segmentar é separar o usuário em listas diferentes, de acordo com as ações que ele tomar nos emails que você enviar. Por exemplo, se ele clicar em um determinado link, ele pode mudar de lista e receber emails diferentes dos que não clicaram em nada.

Mas qual a razão desta segmentação?

A ideia aqui é testar estratégias diferentes de acordo com o perfil e interesses dos seus seguidores.

Você pode, por exemplo, oferecer produtos e conteúdos diferentes para suas listas, e aumentar suas taxas de conversão.

#5 Esqueça listas de emails pagas

Listas pagas

Se você já cogitou comprar uma lista de emails de uma outra pessoa, recomendo que você esqueça agora mesmo esta ideia! E vou explicar os motivos:

  • Suas taxas de vendas (conversão) serão baixas para esta lista

Para ter boas taxas de conversão de suas ofertas, é necessário que seus leads tenham intimidade e confiança em você. Comprar uma lista é semelhante a tentar forçar uma amizade.

  • Seu endereço de email vai ser taxado de SPAM

Ao abrir seu email, o lead vai perceber que não escolheu receber aquele conteúdo e além de se descadastrar da lista, vai marcar sua mensagem como SPAM.

Depois que muitos leads tomarem esta atitude, seu endereço de email entrará em uma lista negra dos provedores e até mesmo as pessoas que tinham optado por fazer parte da sua lista não irão mais receber suas mensagens.

  • Estes leads não necessariamente se encaixam no seu público-alvo

O poder da lista está na segmentação, e para ter uma boa taxa de engajamento e vendas, é importante que seus leads estejam dentro do seu nicho. Os leads de listas pagas são heterogêneos e estão distribuídos em vários nichos diferentes, o que dificulta e reduz seu poder de comunicação.

  • Os autoresponders cobram conforme seu número de leads

Seu autoresponder pode até ser gratuito no início, se você tiver uma lista pequena de leads, mas quanto maior sua lista fica, maiores serão as taxas cobradas.

Isto significa que ter uma longa lista de leads pouco engajados ou até mesmo desinteressados no que você tem a dizer, representa um aumento de custos desnecessário.

Conclusão

Neste artigo vimos a importância de começar a construir listas com o emails dos seus clientes em potencial.

Também vimos que existem formas simples de atrair e estimular o cadastro de novos “leads” para a sua lista: através de campos de capturas, páginas de captura e oferta de iscas digitais.

Lembre-se de tentar segmentar sua lista, de forma a separar diferentes perfis de clientes e ter o poder de oferecer produtos e conteúdos mais específicos para cada interesse.

E nunca invista em listas de emails pagas, elas só vão aumentar seus custos e não vão refletir em um aumento de conversão.

Comece agora mesmo a montar sua lista e use e abuse deste canal de comunicação para aumentar o engajamento do seu público.

Se você ficou com alguma dúvida sobre o conteúdo deste artigo, baixe meu ebook gratuito, o Mapa do Negócio Online. Nele, eu mostro em detalhes os 13 passos que você precisa seguir para montar seu negócio na internet e explico vários conceitos que foram apresentados neste artigo.

Não deixe de conferir! É só clicar aqui embaixo e baixar ele DE GRAÇA!

LINK EBOOK MAPA DO NEGÓCIO ONLINE

Se você tiver achado este conteúdo útil, escreva aqui nos comentários como está sendo montar sua lista. Você está com alguma dificuldade ou dúvida? Quero, pessoalmente, te ajudar e dar mais ferramentas para que sua lista fique cheia de pessoas super interessadas no seu negócio.

Até a próxima.

Grande abraço.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *